sexta-feira, março 02, 2007

Formação Cívica no Ensino Secundário

Tal como no básico, no Ensino Secundário a Formação Cívica como disciplina é essencial. Ou melhor, seria essencial, porque actualmente não existe uma disciplina de FC no Secundário.

O primeiro aspecto que gostaria de focar é que não existe um espaço para os assuntos de direcção de turma, o que faz com que sejam usados tempos de aula (de disciplinas importantes) para esses assuntos. Por exemplo, a minha DT é professora de Matemática e são “sacrificados” minutos preciosos de aula em assuntos de direcção de turma.

O segundo aspecto é que a formação do indivíduo como cidadão não pode terminar quando termina o Básico. A Formação Cívica, se for dada a sério, deve ir desde muito cedo até à maioridade (18 anos), que corresponde ao 12º ano, se o aluno nunca chumbar.

Além disso, a Filosofia não pode ser a única disciplina a fomentar o pensamento e reflexão, porque existe pensamento e reflexão para além da filosofia... tem de haver uma disciplina que nos faça pensar sobre outras questões como a política (porque não?), a vida em sociedade, no fundo, em questões menos transcendentes e universais que as que são abordadas na disciplina de Filosofia. Questões do quotidiano e como as resolver civilizadamente. Além da Filosofia (que é uma disciplina importantíssima na formação do indivíduo), deve haver um espaço onde se fale das questões filosóficas e não-filosóficas que tocam a todos, a toda a hora. Esse espaço deve ser a FC.

P.S.-
Porque não criar um agrupamento de disciplinas Filosofia-FC, em que os professores das duas disciplinas colaborassem em projectos conjuntos?

1 comentário:

Ctrl.Alt.Del disse...

A Filosofia pode ocupar esse lugar, sem que haja duplicação de disciplinas. Seria preciso um ajuste curricular, que levasse essa disciplina para fora da "história da filosofia" em que está centrada, para aspectos mais práticos da filosofia.

Em alguns agrupamentos, uma das actividades de enriquecimento curricular implementada foi precisamente Filosofia para Crianças, o que é um sinal de que estamos no bom caminho.