quarta-feira, março 14, 2007

Agostinho da Silva e a educação centrada no aluno:


Aconcelho todos a lerem este artigo de Helena M. Briosa e Mota, referente ao conceito de educação de Agostinho da Silva (em especial o ponto 2.2): Cidadania e Educação: sonho e realidades
Também o artigo de Natércia Belo, Agostinho da Silva: a pedagogia da razão. Deste último gostaria de destacar:

"Podemos ler em “Educação de Portugal”: “A primeira tarefa essencial que existe para todos os portugueses não é a de política; ela seguirá, nos próximos tempos, rumos em que pouco poderemos influir (…) o grande trabalho, o tal imenso desafio que se nos apresenta é o de educar o povo, insistindo em que educar não é levar ninguém a ser isto ou aquilo, não é tentar influir de qualquer modo em sua orientação futura, mas dar meios de expressão à sua capacidade criadora e de comunicação, quer ela se exerça lendo e escrevendo quer manualmente num ofício, e sem que se separe uma actividade da outra.
Criou deste modo, o primeiro princípio de um verdadeiro ensino: o de que nada pode ser ensinado por imposição; o de que, um professor não é um capataz mas um auxiliar e um guia cuja função é sugerir e não impor. Na verdade, ele não educa a inteligência do aluno; limita-se a mostrar a forma de aperfeiçoar os seus instrumentos de conhecimento, encorajando o instruendo ao longo da sua aprendizagem e desenvolvimento. Transmite conhecimentos mas, mais importante do que isso, mostra como adquiri-los."

(os negritos foram acrescentados por mim)

Créditos à Associação Agostinho da Silva.

1 comentário:

Range-o-dente disse...

Exercício proposto (eduquês):

Faça uma lista de eventuais respostas que ouviria caso perguntasse a um aluno no 7º ano o que quereria aprender.

Eu ajudo. Resposta nº 1: - Assim tipo coisas giras.

.