sábado, maio 12, 2007

Teuria dus Numaros

Na quarta-feira estava offff...mas hoje é dose dupla...e há que aproveitar!
Lembrei-me deste texto com que introduzi o tema da Divisão no 5º ano, no ano passado...os miúdos ODEIAM a divisão! Mas pior...não sabem dividir...mas hoje não vou divagar por aí fora a dizer mal disto e daquilo porque não me apetece...
Ora leiam e descubram a resposta!!! Spéfácil!!!


A divisão simples, a divisão exacta e a divisão justa

A caminho de Bagdad, Beremís e seu amigo encontraram, caído, na estrada, um pobre viajante roto e ferido, ao qual socorreram e do qual souberam ser Salem Nasair, um dos mais ricos mercadores de Bagdad, que fora atacado por uma chusma de nómadas persas do deserto, tendo a sua caravana sido saqueada e ele o único a conseguir, milagrosamente, escapar, oculto na areia, entre os cadáveres dos seus escravos!

Combinaram, então, juntar os cinco pães que "o Homem que calculava" ainda tinha com os três do seu amigo e dividi-los entre si para sobreviverem até chegarem a Bagdad, prometendo o xeik pagar com uma moeda de ouro cada pão que comesse!

Quando lá chegaram, o rico Salem Nasair cumpriu sua palavra dada, entregando ao "Homem que calculava" cinco moedas pelos cinco pães e a mim, pelos três pães, três moedas.

Com grande surpresa, o "Calculista", objectou, respeitoso:

- Perdão, ó xeik! A divisão, feita desse modo, pode ser muito simples, mas não é, matematicamente certa. Quando, durante a viagem, tínhamos fome, eu tirava um pão à caixa em que estavam guardados e repartia-o em três pedaços, comendo cada um de nós, um desses três pedaços. Se eu dei 5 pães, dei, é claro, l5 pedaços; se o meu companheiro deu 3 pães, contribuiu com 9 pedaços. Houve, assim, um total de 24 pedaços, cabendo, portanto, oito pedaços para cada um. Dos 15 pedaços que dei, comi 8, dei, na realidade 7; o meu companheiro deu, como disse, 9 pedaços e comeu, também 8 logo deu apenas l. Os 7 que eu dei e o restante que o "bagdalí" forneceu, formaram os 8 que couberam ao xeik Salem Nasair. Logo, é justo que eu receba 7 moedas e o meu companheiro apenas l.

Era lógica, perfeita e irrespondível a demonstração apresentada pelo matemático!

- Mas esta divisão, de sete moedas para mim e uma para meu amigo, conforme provei, é matematicamente certa, mas não é perfeita aos olhos de Deus!, retorquiu o 'Calculista'.

E tomando as moedas na não, dividiu-as em duas partes iguais e deu-me uma dessas partes, guardando, para si, a restante.

(adaptado de MALBA TAHAN, O Homem que Calculava)

COM QUANTAS MOEDAS FICOU CADA UM????

3 comentários:

SmartiezZ disse...

4?

XandraFrô disse...

YES

Range-o-dente disse...

Uma colega, há tempos, desesperada porque um explicando cabeça-de-sapo nunca percebia quando devia dividir, sugeriu-lhe que, se no teste houvessem pobrezinhos, era para dividir. O gajo acertou.

(Se calhar esta é velha!!).