quarta-feira, janeiro 10, 2007

TLEBS - big brother is watching you

No site de apoio à implementação da TLEBS Gramaticª.pt, uma questão colocada no Fórum Geral _Experimentação da Tlebs por um participante mereceu a seguinte resposta por parte de uma das principais responsáveis pelo site, Assunção Caldeira Cabral:

"Colega Filinto, boa noite!
Em primeiro lugar, deixe-me cumprimentá-lo e desejar-lhe as boas vindas a esta plataforma, onde entrou pela primeira vez há 5 dias, a 5 de Janeiro deste novo ano de 2007. De então para cá, contam-se 148 registos, uma média de 30 por dia, tendo mesmo atingido os 58 no dia 9, ontem, o que é óptimo. Tanto entusiasmo deixa-me muito contente, a mim e a toda a comunidade que frequenta e alimenta este projecto desde Setembro. Nestas circunstâncias, o colega Filinto há-de concordar que as queixas quanto à falta de respostas às suas questões revelam uma impaciência só desculpável pela ansiedade e nervosismo que nos tem apoquentado."

Este tipo de informação sobre os utilizadores está oculto aos outros participantes, é normalmente reservado aos responsáveis pelo espaço. É extremamente deselegante a sua revelação pública, como que a reduzir o participante à sua insignificância de novato no site, por um lado, e a mostrar a este (e a todos os outros) que os responsáveis pelo site vigiam os movimentos dos utilizadores na plataforma, não hesitando em revelá-los, se for caso disso.

Considerando as inflamadas indignações de uma leitora, na nossa caixa de comentários, sobre a protecção da privacidade dos autores deste blogue, é caso para perguntar: é isto que prefere?

Cuidado com o que dizem e com o que vêem no Gramaticª.pt, tudo o que disserem ou onde (e quanto tempo) estiverem pode e será utilizado contra si...

2 comentários:

Catarina disse...

Creepy, isn't it?!

Ctrl.Alt.Del disse...

Ah pois é! Já agora, acabei de ver o site da petição contra a TLEBS para fazer um link no post do comentário convidado e reparei que já vai nas 4151 assinaturas.

Será que as senhoras da Gramaticª.pt se entretêm nas horas vagas a cruzar os nomes que lá estão com os registados no site? Qualquer dia sai por lá uma resposta do género: "pois, o senhor nos seus 23 movimentos não leu o fórum B e até assinou a petição contra a TLEBS, o que está para aí a reclamar..."?