quarta-feira, abril 11, 2007

Teoria dos Números, ou antes Teuria dus Numaros!!!

A matemática e a Língua Portuguesa...inseparáveis, de facto!
Aliás, a matemática e qualquer língua, ou idioma!
Mas neste caso, como falamos em português nas aulas de matemática...falamos? Por vezes mais parece que falamos chinês!
Porque realmente, pensando bem, a maior parte dos alunos não entende o que ouve da boca dos professores, nem o que lê nos livros de matemática!(nem em livro nenhum, às vezes...)
Mas para se perceber o que se lê nos livros de matemática, é necessário, antes de mais...saber ler! E muitas vezes esse é o grande problema! Mas, sendo assim, o problema não converge apenas para a matemática, mas sim, para todas as disciplinas! E o resultado é, sem dúvida, o insucesso!

Mas, lá no fundo, eu penso que o problema nem é a leitura, mas antes a falta de treino do neurónio, do raciocínio, do calculo mental...!
Se os meninos estivessem bem na Língua Portuguesa, quer a nível da leitura quer a nível de escrita, não se tinha elaborado um Plano Nacional de Leitura! Certo?
Há demasiado facilitismo? Ou melhor, houve?...bem, agora...trancas à porta!

Digam-me lá onde é que já se viu as crianças chegarem ao 2º ciclo sem saberem a tabuada? Nós, sim porque eu..já não sou uma criança, quando fiz "a 4ª classe", "cantávamos" a tabuada! Foi memorizada qual letra de Festival da Canção..."Canção nº3 - 3x1=3, 3x2=6"...and so on...e eis-me aqui, sãzinha da silva, sem traumas de infância por ter MEMORIZADO uma coisa que me foi útil até ao 9º ano, ano em que tive a minha primeira máquina de calcular, e que ainda hoje sei...(ele há gente que anda por aí a dar aulas de matemática e usa a máquina de calcular para ver quanto é 8x7...são novos! não pensam!)! Enfim, modernismos...

E os pais? Não compreendem porque é que os filhos têm tantas negativas...dão-lhes a atenção devida? É um caso a pensar! Dizem todos que a vida é agitada...(eu concordo, mas...). Hoje uma mãe disse-me, na minha cara, que não tinha tempo para o filho!!! Fiquei chocada, juro que fiquei! Apeteceu-me dizer-lhe "Para que é que o teve? Não sabia que lhe ía dar trabalho?"...mas, como directora de turma não ficava lá muito bem dizer uma patacoada destas...ainda me punha um processo e depois lá ficava eu a meio caminho de chegar a professora titular...que xxxxxatice!!!

Então vamos lá acordar o neurónio e tentar resolver o problemazinho seguinte...àpoizé! E a solução só será apresentada na próxima semana, assim tipo, boletim! é o máximo, não é? Ó pra mim aramada em intelectual...

"PERUBELEMA":

"Quando estava indo para Marrocos, encontrei um homem com sete esposas. Cada esposa possuía sete sacos e em cada saco havia sete gatos. Cada gato tinha sete filhotes. Se contarmos os filhotes, os gatos, os sacos e as esposas quantos estavam indo para Marrocos ? "

1 comentário:

Ctrl.Alt.Del disse...

Eu não, livra! Com tanta cangalhada mais valia ir na direcção oposta.
Ora cá vai a minha ignorância nestas coisas:
7esposas
x7sacos - 49
x7 gatos - 343
x7filhotes - 2041
+ o 3.8 do pib, é só fazer as contas. 35?