terça-feira, julho 24, 2007

A arte de bem liderar a toda a sela (a 30 euros por manhã)

"A plateia de crianças que ontem participou na apresentação do meritório Plano Tecnológico da Educação foi recrutada por uma agência de casting. Mais: o trabalho de figurante, a avaliar pelo que confessaram alguns alunos à RTP, valeu a cada um deles 30 euros."

No DN, ficamos a saber que, interpelados sobre o assunto, o primeiro-ministro José Sócrates e a ministra da Educação Maria de Lurdes Rodrigues não se mostraram preocupados por estarem a estimular o trabalho infantil. "O evento foi organizado por uma empresa que é profissional e por isso quis mostrar como funciona o equipamento", explicou a ministra. No final da apresentação, Sócrates congratulava-se pelo Plano Tecnológico: "com este projecto, o Estado cumpre o seu dever de liderar, de mostrar o caminho".
  • Sugestão I: porque não se contrata a referida empresa para organizar eventos exemplares noutras áreas da educação? Estou mesmo a ver o sucesso de uma encenação de exames nacionais, com funcionários do ME a fazerem de professores e um casting a fornecer as crianças e jovens que fariam os exames encenados com resultados excepcionais, por exemplo.
  • Sugestão II: a 30€ por manhã, nem era preciso ir buscar meninos a casa num casting, de certeza que não haveria aluno (nem professor) da escola pública a apupar a Ministra e o Primeiro. Era só combinarmos antes. Aplausos garantidos.
  • Sugestão III: neste país cada vez mais insatisfeito e ingovernável, não se poderia substituir os portugueses em geral por um casting mais submisso e satisfeito?

3 comentários:

Range-o-dente disse...

Há que tempos somos figurantes numa palermice pegada.

Amélia disse...

Tudo neste país, e em especial no que se refere à educação,saúde e justiça, me mete apenas NOJO!Do mais ínfimo dos assessores dos assessores dos assessores dos assessores...dos subsecretários e directores gerais, ao Chefe!
E parece que futuramente cada um dos cerca de 400 deoutados vão ter direito a um assessor! Enquanto o Zé Povinho for pagando...sendo espremido até ao tutano...
Desculpem o desabafo!

Matilde disse...

...

Não há palavras...
...
mesmo...


[Boas férias ;)]