quinta-feira, agosto 09, 2007

Nao há palavras caras - Empatia

Um muitissimo obrigado á XandraFrô e pode continuar a mandar palavras que isto de inventar , é , sem duvida, o mais doloroso ...


Empatia , então:

Estudos mostram o choro reflexo do recém-nascido como um precursor possivelmente inato de ativação empática. Esse choro reativo é evidenciado como resposta ao choro de um outro bebê, sendo descrito como um choro vigoroso, intenso, semelhante com o choro espontâneo, de maior intensidade do que o choro em resposta a outros estímulos sonoros de igual intensidade, do que a simulação computadorizada do choro de um bebê, do choro espontâneo de uma criança mais velha e até mesmo ao choro do próprio bebê, gravado . Esse choro é a resposta empática predominante durante o primeiro ano de vida, sendo depois substituída por respostas empáticas mais maduras, como a tentativa de conforto à vítima.

Esta não é a típica definição de empatia mas eu achei mais engraçado porque desconhecia ...
Para mim, empatia é a definição que a XandraFrô nos deu , apesar de depois não ter sido aquilo que ela andava á procura ...

aquele sentimento que define "por-se no lugar do outro, sentir o que o outro sente...",

Empatia é estarmos em sintonia (será isto, xandra?) com uma pessoa e termos a capacidade de perceber as emoções dos outros e lhes darmos o apoio ou as palavras que eles precisem...
É o tipo de pessoas que admiro , aquelas que sabem sempre o que dizer, o que fazer, e que confortam sempre, nem que seja com a simples presença!

1 comentário:

Xandra Frô disse...

xeeeeeeeeeelente my dear mary!
eu por mim a palavra é mesmo empatia, mas a dúvida foi colocada por outra pessoa, a qual usava outra palavra para defenir o mesmo que empatia...mas isto com a idade a malta tem brancas mais frequentes! e, de repente, um dia, está a fazer uma coisa banalérrima, tal como por roupa na máquina de lavar, ou até mesmo lavar roupa à mão, e aaalllembra-se da dita cuja!!!
olha ontém vi um filme espectacular...sobre a falsa impossibilidade de amar, e apaixonar-se, por uma pessoa apenas pelas virtudes dessa pessoa...é uma coisa que se vai adquirindo com o tempo...por de lado o aspecto físico e olhar "para dentro" da pessoa...é um bom tema para explorares, tu que és a mestra da retórica profunda!!! eu nem sempre consigo escrever o que sinto...bem...isto já tá a ficar muito profundo...vou dar um mergulho no mar, e depois chamo o tarzan!!! óóóóóó´´oóóó´´oó
jokas
ah, o filme era "o véu pintado"...amei!