quarta-feira, agosto 29, 2007

Aumento dos manuais escolares

Aqui há tempos (em Abril), a propósito da TLEBS e dos manuais de 7º ano, estranhávamos o facto de a Associação de Editores e Livreiros e a União de Editores Portugueses terem anuído ao congelamento dos manuais de português de 3º ciclo sem estardalhaço nem contrapartidas aparentes.

A justificação pode ler-se nas entrelinhas da notícia de hoje nos jornais:
  • "O Governo e os editores vão assinar um acordo que prevê que os títulos referentes ao 1.º ciclo sofram subidas equivalentes ao valor da taxa de inflação acrescido de três por cento; e que no caso dos livros para o 2.º e 3.º ciclos o agravamento seja 1,5 por cento superior à inflação."
Pois é, não há almoços grátis e alguém tem de pagar a incompetência do Ministério..

1 comentário:

xandrafrô disse...

cambada de gatunos! chulos!
comprei os livros para a minha afilhada! claro que tive 15% de desconto nuns e 50% noutros! 7º ano! mesmo assim rondou os 190 euros! sem desconto andava à volta dos 240 euros!..."irra, sr.lopes", é preciso quase andar a roubar pra viver neste país!