quinta-feira, janeiro 24, 2008

Testes Intermédios

Hoje a maioria dos estudantes do 11º ano tiveram teste intermédio de Matemática... digo a maioria porque cada escola pode optar por ter ou não este "pré-exame" (aliás, cada professor decide se conta com o teste intermédio para a nota e qual a percentagem que lhe atribui)

O teste é constituído por dois grupos: um de cinco exercícios de escolha múltipla a valer 50 pontos e outro de 2 exercícios (com várias alíneas cada) a valer 150 pontos.

Haver apenas dois exercícios que valem 75% da nota do teste é um problema, porque basta não compreender um, para ser muito mais difícil a positiva... Se, com o mesmo número de alíneas, houvessem mais exercícios com enunciados diferentes, tornava-se um teste mais justo.

Além disso, havia várias alíneas que valiam 25 pontos, ou seja, 2.5 valores em 20, o que é muito para uma questão...

Está-se mesmo a ver que o GAVE está a preparar mais uma razia nos exames deste ano, para que o Governo possa usar os resultados dos exames como pretexto para continuar as suas reformas.

7 comentários:

Range-o-Dente disse...

Não é dramático, eu também faço essa de vez em quando. Mas,

Hoje a maioria dos estudantes do 11º ano "tiveram" teste intermédio de Matemática

Deverá ser: "teve" .

A maioria teve.

.

baldassare disse...

Ok...
ainda bem que não há teste intermédio de ortografia :-)

Range-o-Dente disse...

"ainda bem que não há teste intermédio de ortografia :-)"

Chiiiii. Eu tava lixado. Nem lhe conto.

Conhece alguém capaz de trocar letras entre palavras vizinhas?

À mão, tudo bem. Em teclado ... fffff.

De cada vez que tenho que dar estrada da palavra de verificação (no comentário), são pelo menos 3 tentativas.

Sem prescindir de ferrar o dente à mais leve aragem, aí vai um bafo de bom fim de semana.

.

Anónimo disse...

Eu por acaso penso que este ano os exames vão ser mais acessíveis, incluindo o de FQ e B/G.Pela razão inversa que aponta: para mostrar que as políticas e reformas educativas surtiram efeito.Lembro-me que no final do ano passado, a ministra ter diti que este era o ano da FQ (e B/G).Por isso foi criado o bloco de 135m. Já o ano passado o teste de Matemática foi mais acessível que em anos anteriores. Agora essa questão de um exercício ter várias alíneas e que estão dependentes da primeira, não é lá muito pedagógico, mas enfim....

baldassare disse...

Anónimo,

é bem possível que isso aconteça.
Os exames não são mais que um instrumento político, a que se recorre para legitimar medidas ou, como referiu, para mostrar resultados...

Eu vou fazer exame de matemática para o ano. Nessa altura, espero que o Governo eleito em 2009 não esteja a planear reformas no ensino...

Range-o-Dente disse...

"Eu vou fazer exame de matemática para o ano. Nessa altura, espero que o Governo eleito em 2009 não esteja a planear reformas no ensino..."

Eles têm sempre uma molhada de reformas em carteira. De acordo com o vento, soltam-nas.

.

Anónimo disse...

eu não acho q os teste intermédios sejam um izagero mas acho q n deveriam ser um após o outro poderia ser um num dia i o outro na proxima semana po's alunos poderes estudar mais qalmamente i konsentrados na mate'ria uma d cada vez n as duas ...