quinta-feira, setembro 06, 2007

Há professores a mais e ministra a menos, diz o Jumento

Excelente ponto de situação do Jumento:

"Quando a ministra da Educação diz que a oferta de professores é maior do que a procura tem razão, mas a forma como aborda este problema é menos própria e revela uma falta de consideração pelos professores que é inaceitável num responsável pela educação. A ministra fala dos professores como se fosse o encarregado de uma obra pública a dizer aos serventes de pedreiro que procurem outra obra, porque para a semana já não há trabalho."

A ler na íntegra aqui.

5 comentários:

Range-o-dente disse...

"como se fosse o encarregado de uma obra pública a dizer aos serventes de pedreiro que procurem outra obra, porque para a semana já não há trabalho."

A fome pode andar de mão dada com serventes de pedreiro.

Uma variante da historia da quinta dos porcos.

Méon disse...

Gostei de ler...Acabei por também pegar no tema. Isto é como as cerejas.
Ciao, Marilú!

xandrafro disse...

méon não foi a marilú que editou o post...foi o eraser, ctrl.alt.del!

Range-o-dente disse...

http://range-o-dente.blogspot.com/2007/09/h-professores-mais-e-inteligncia-menos.html

Méon disse...

Peço desculpa, ter-me-ei "equivacuado"...