quinta-feira, setembro 20, 2007

Diário de Marilu, a macerada!

Há muito muito tempo, numa galáxia distante vivia uma menina, muito alta, com corpo atlético, que era muito alegre e bem disposta. Ela passava os dias a saltar por prados verdejantes de erva muito macia - com a qual de vez em quando apanhava umas belas "mocas"...

Vivia numa quinta feita de arvoredo, qual Robinson Crusoé - embora soubesse onde estava e tivesse carro para ir de vez em quando dar umas voltas e ver uns "garinos" - e tinha muitos cães e formigas...e também umas moscas, que só apareciam no Verão quando ela assava sardinhas!

Na galáxia onde a menina vivia havia muitas crianças, que tinham sido lá deixadas pelos pais para que a menina tomasse conta delas.

A menina ensinava-lhes todas as matérias que o Oráculo lhe tinha ordenado que ensinasse, para preparar as crianças para a vida futura...nunca se sabe a que galáxia elas poderiam ir parar...

Tudo corria às mil maravilhas até ao dia em que o Oráculo ordenou que fossem três ninfas do templo ajudar a menina a ensinar as crianças!

Mas não disse à menina quem eram as ninfas! Fez-lhe uma grande surpresa...porque gostava muito dela e sabia que ela iria gostar também das ninfas que ele tinha escolhido para a ajudar.

Chegou então o dia em que apareceu a primeira ninfa...! Era pequenina, magra, calma, com uma voz forte e possante. Ela entrou na sala de aula com a menina e, as crianças, que até estavam a fazer um pouco de barulho, ao ouvirem a ninfa dizer "então que barulheira vem a ser esta?", de imediato se calaram. A menina ficou simplesmente abismada com o poder daquela presença...e pensou "eu até gostava de conseguir ser assim mas...não faz parte da minha natureza...espero dar-me bem com esta ninfa!". A aula lá foi decorrendo e a menina e a ninfa lá se entenderam.

No dia seguinte a menina voltou a ter outra aula com essa ninfa e já se sentiu mais à vontade.

Era a ninfa Ruca. A mais poderosa de todas as ninfas. Até era bem disposta, apesar da voz forte e possante. Com esta ninfa a menina sabia que podia, um dia, estar à vontade, como ela gostava...

Nesse segundo, a menina conheceu a segunda ninfa...uma ninfa mais baixa que a menina, muito faladora e com umas ideias que surpreenderam a própria menina! Mas atenção, as crianças tinham que estar sempre atentas e nunca por nunca podiam quebrar nenhuma regra...a ninfa era estranha porque, sem a menina perceber, tomou simplesmente as rédeas da aula...coisa a que a menina não estava habituada! Mas como a menina ainda é novinha e tem muito que aprender, lá se foi habituando a essa ninfa que gosta de mostrar que sabe muito...

É a ninfa Santinha. A mais intelectual de todas as ninfas. Está sempre a ler um livro na sala das ninfas. A menina, apesar de sentir que a ninfa é poderosa e bem falante e prosaica, sabia que um dia iria estar também muito à vontade com ela, como a menina gostava...

Ao terceiro dia a menina conheceu a terceira ninfa...esta ninfa era mais a mal disposta da sala das ninfas...a menina teve muito medo quando a ninfa entrou na sala porque ela nem sequer olhou para ela, nem disse nada...a menina ficou simplesmente petrificada! Mas a menina sabe, e sente, que lá no fundo, a ninfa é boa gente, e gosta das crianças! A ninfa se calhar anda chateada com alguma coisa que lhe fizeram e por isso anda tão triste. É a ninfa Belinha. A ninfa que já foi chefe das ninfas. A menina desejou muito, mas mesmo muito, conseguir dar-se bem com esta ninfa e estar à vontade com ela, como a menina gostava...

Hoje a menina trabalha em conjnto com as três ninfas e as crianças e dão-se todas muito bem! as crianças adoram-nas...pelo menos asim parece!



E com esta me retiro, esperando não ofender as partes intervenientes porque são todas umas kridas...mas com uma personalidade MUIIIITO diferente da minha!

XIIIIIIIIIIIIII

2 comentários:

Ctrl.Alt.Del disse...

xlente!!!

Anónimo disse...

só tu para veres o mundo das "ninfas" deste modo. continua assim!!
até 2ª,
lá nos encontraremos na sala das ninfas
bj